Subscribe Now

Trending News

7 dicas para manter a segurança da casa de praia
Segurança

7 dicas para manter a segurança da casa de praia

Se a residência oficial das famílias já é muito visada por criminosos, imagine a casa de praia que fica boa parte do ano vazia. Aproveitando a ausência dos donos, inúmeros criminosos aproveitam para agir, furtando utensílios domésticos, eletroeletrônicos e até realizando festas dentro dos imóveis.

Quem já passou pela situação reconhece os prejuízos, inclusive danificações na estrutura da casa, como retirada de torneiras, fiações, enfim, a dor de cabeça é imensa. Para você manter o seu local de lazer sempre seguro, vamos mostrar neste post 7 dicas de segurança que certamente farão a diferença, mantendo o seu patrimônio em boas mãos. Vamos a elas!

1. Instale câmeras

As câmeras são excelentes meios de evitar a ação dos ladrões. Afinal, a presença das lentes já inibe muitos atos infracionais, inclusive de vandalismo.

Com a tecnologia, as imagens ficarão gravadas em um HD e poderão ser consultadas a qualquer momento. Assim, você vai saber tudo o que acontece ao redor da sua casa de praia, enviando alarmes para possíveis situações fora do comum.

Dessa maneira, não só bandidos ficarão inibidos de entrar em sua residência, como também usuários de drogas não escolherão a frente da sua casa para sentar ou fazer grupinhos, por exemplo.

As câmeras também podem ser instaladas nas áreas internas, como piscina, sala, espaço para festas, ou seja, sempre haverá um olho a mais para evitar roubos ou furtos.

2. Coloque sensores infravermelho

O sensor de presença infravermelho consegue identificar a existência de pessoas dentro do imóvel por meio do calor, enviando um comunicado a uma central de monitoramento, ou seja, o bandido pode ser pego em flagrante.

Fora isso, um alarme é disparado, o que pode fazer com que o meliante fuja imediatamente, evitando os prejuízos materiais.

Você pode escolher sensores que não detectam a presença de PETs, com uma luz invisível (Ativo) e o que detecta o calor (Passivo).

No caso da casa de praia, a recomendação é sempre monitorar o nível de energia da bateria, tendo em vista que o imóvel estará a maior parte do tempo fechado.

3. Tenha um sistema de monitoramento remoto

O chamado Circuito Fechado de TV (CFTV) é uma excelente alternativa para manter a segurança em sua casa de praia.

Isso porque você terá acesso às informações por meio do seu celular, computador ou tablet, isto é, a central envia os dados em tempo real, trazendo comodidade.

Assim, o dispositivo garante flexibilidade e maior liberdade, tendo em vista que senhas temporárias podem ser enviadas a prestadores de serviço da sua confiança. Dessa forma, eles poderão entrar no imóvel sem a necessidade da sua presença.

Inclusive, com o CFTV, você pode sempre dar uma verificada, em tempo real, nas imagens internas e externas da sua casa de veraneio.

No aplicativo Giga Monitor, por exemplo, até 32 câmeras enviarão imagens diretamente ao seu celular, com uma interface bem simples e fácil de usar.

Caso você prefira instalar uma quantidade menor de câmeras, o serviço em nuvem pode ser uma boa alternativa, oferecendo de quatro a oito pontos de monitoramento.

Todas as gravações poderão ser conferidas em um ambiente online de maneira simples e rápida, sendo um excelente método para combater a criminalidade.

4. Instale câmeras IPs

Caso o circuito completo seja um pouco exagero para a sua casa de praia, uma boa dica é a instalação de câmeras IPs, que fornecem as imagens diretamente para o seu computador, desde que esteja com acesso à internet.

Com uma instalação bem simples, é preciso apenas que a câmera seja ligada a uma placa de rede ou roteador, ou seja, a sua residência de veraneio deve ter wi-fi ou conexão a cabo.

Basicamente, ao ser acessada pelo seu endereço de IP, a câmera vai gerar um código HTML, enviando diretamente ao seu micro. Além disso, o sistema permite diversas configurações, como a definição de quem poderá acessar as imagens.

5. Contrate terceirizados de segurança patrimonial

Inúmeras empresas de segurança patrimonial atuam nas cidades litorâneas. Isso porque os índices de furtos nas casas de praia aumentam a cada dia, necessitando de ações enérgicas que dificultem a vida dos bandidos.

Além de câmeras, infravermelho e alarmes, os seguranças podem auxiliar ainda mais. Geralmente, eles fazem rondas de moto ou carro, passando várias vezes em uma mesma noite na frente do seu imóvel. Adesivos também são colados para informar que a casa está sendo constantemente vigiada.

Trata-se de uma forma de agilizar a tomada de decisões em momentos extremos, como em uma invasão, por exemplo.

Afinal, os seguranças poderão acionar a PM e ainda chegar rapidamente ao local ou, até mesmo, perceber a presença de pessoas estranhas rondando o bairro em que se localiza a sua casa de praia, fato capaz de prevenir um possível furto.

6. Faça amizades com os moradores do bairro

Apesar de ser uma casa de veraneio, certamente existem moradores da cidade litorânea que residem na mesma rua.

Uma dica valiosa para evitar furtos é fazer amizades com os vizinhos, solicitando que eles peguem as correspondências e fiquem de olho na movimentação.

Atualmente, com o WhatsApp, a comunicação é em tempo real, ou seja, qualquer situação fora da normalidade pode ser comunicada de maneira rápida e eficaz.

Portanto, não deixe de conversar com os moradores da rua. Inclusive, a atitude ainda é benéfica para melhorar o convívio, mantendo o bairro em harmonia.

7. Coloque grades nas janelas

Sabendo que os bandidos têm recursos cada vez mais sofisticados, os cidadãos também precisam buscar meios para se protegerem.

Além dos métodos eletrônicos de segurança patrimonial, é preciso sempre manter a casa de praia trancada com cadeados, grades nas janelas e até travas nas portas internas, como de acesso da cozinha à área externa, por exemplo.

Lâmpadas com sensor fotoelétrico, que acendem à noite e apagam de dia, também podem ser uma solução viável, garantindo bons resultados.

Seguindo as nossas dicas, certamente a sua casa de praia ficará bem mais segura não só quando ninguém estiver lá, como também na temporada de férias.

Assim, o seu patrimônio não será danificado e as preocupações diminuirão, com a certeza de que a residência está sendo constantemente monitorada.

Outra orientação fundamental é optar por empresas idôneas e que ofereçam equipamentos de qualidade. Afinal, seja na residência oficial, seja na casa de praia, a segurança da sua família deve vir sempre em primeiro lugar.

E aí, gostou deste post? Quer ficar por dentro de outras novidades? Então, assine agora mesmo a nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *