Subscribe Now

Trending News

Confira 6 benefícios de uma central de alarme monitorado
Produtos

Confira 6 benefícios de uma central de alarme monitorado

Ao longo do tempo, os índices de violência têm se elevado a cada mês, inclusive em cidades que, até pouco tempo, eram consideradas tranquilas. Dessa forma, cresce também a quantidade de pessoas e de empresas que buscam novas formas de garantir a segurança. Nesse contexto, a central de alarme monitorada pode viabilizar contribuições inestimáveis.

Ao projetar sistemas eletrônicos de segurança residencial, condominial ou empresarial, é imprescindível levar em consideração os elementos necessários para a instalação de uma central. Pensando nisso, apresentaremos as principais informações a respeito do assunto e também alguns dos benefícios de contar com uma central de alarme monitorada em sua casa, prédio ou empresa. Boa leitura!

O que é uma central de alarme monitorada?

Ela funciona como uma espécie de “central de inteligência”, reunindo os dados transmitidos por todos os recursos que a compõem e executando a programação do sistema de segurança adotado. Trata-se, enfim, de um equipamento que é o núcleo do conjunto de dispositivos de segurança disponíveis em um determinado local.

Em termos de eficiência, um de seus maiores diferenciais consiste no monitoramento 24 horas e no fato de que a segurança pode ser compartilhada junto a uma empresa especializada no acompanhamento dos registros de sistemas de alarme, por exemplo.

Desde uma perspectiva básica, é possível afirmar que uma central de alarme monitorada conta com sensores capazes de detectar suspeitas de invasão, com itens como:

  • sirenes que emitem sons altos para chamar a atenção;
  • painéis que acionam as sirenes e enviam os sinais à central de monitoramento;
  • distintos meios de comunicação (GRPS, Ethernet ou linha telefônica) para transmitir os sinais que são gerados pelos painéis aos proprietários dos imóveis e à empresa contratada.

Existem 3 formas de contato para que, caso uma delas seja interrompida pelos invasores, as demais assegurem o envio e/ou disparo de alertas. Desse modo, ao acionar a central, os alertas são enviados à empresa de segurança, que se responsabiliza pelo monitoramento assistido e pela verificação de quaisquer sinais de alerta naquele local.

Nessas situações, a empresa realiza o contato e envia profissionais preparados para proceder à averiguação, constituindo-se, portanto, de uma solução extremamente eficiente para a proteção dos imóveis. O usuário poderá, além de utilizar o compartilhamento (em tempo integral) com a empresa responsável pela segurança, instalar um app em seu próprio celular, a fim de;

  • verificar a situação;
  • receber notificações atualizadas acerca de eventos;
  • desativar e ativar os alarmes;
  • acessar relatórios com informações completas (como falta de bateria);
  • ativar disparos de alarme via aplicativo em situações de coação (recurso conhecido como “função Pânico”), entre outras funcionalidades.

A partir do celular, é possível ainda programar alarmes sem inserir códigos de programação ou lidar com manuais dos produtos, acionando dispositivos remotamente (como ar-condicionado, portões, lâmpadas etc.).

Como funciona uma central de alarme monitorada?

A central de alarme monitorada é composta pelas sirenes, sensores, painel de alarme e uma central de comando que centraliza os dados do sistema. Os sensores, por sua vez, identificam movimentações suspeitas nas áreas externas e internas dos imóveis. As sirenas são devidamente acionadas assim que alguma ação suspeita é identificada. Em emergências, o sistema estabelece uma comunicação com a central da empresa contratada.

Sendo assim, as equipes responsáveis pelos monitoramentos notificam as autoridades competentes a fim de averiguar o que está ocorrendo no local. A central de alarme monitorada comanda e interage conjuntamente ao sistema residencial. Isso só é possível devido ao acompanhamento em tempo real das atividades.

São gerados, além disso, relatórios por meio de receptores e softwares de alta tecnologia. As informações colhidas contribuem com o desenvolvimento de otimizações e na correção de eventuais pontos fracos na segurança. A transmissão dos dados para a empresa responsável pelo monitoramento é realizada das seguintes formas:

  • internet: para o sistema, serve como uma opção secundária, à medida que as linhas telefônicas são consideradas as primeiras vias. No caso de ocorrer alguma falha nas linhas, os sinais de internet comunicam a central e, assim, transmitem os acontecimentos que são registrados pelos painéis de alarme;
  • GPRS: esse módulo, por meio de um chip de smartphone, usa a rede de operadoras de celulares, conectando-se com o software da central e abrindo canais de comunicação voltados à informar situações de riscos;
  • telefone: aqui, as comunicações ocorrem a partir das linhas telefônicas, que, na maioria das vezes, já estão instaladas nos imóveis a serem protegidos.

Quais são os benefícios de uma central de alarme monitorada?

Conhecer melhor os benefícios de uma central de alarme monitorada pode ser de grande utilidade para quem ainda está em dúvida acerca dessa solução e também para organizações que necessitam pontuar aos seus clientes uma razão plausível para adicionar essa forma de segurança. Por isso, vamos mostrar alguns dos principais pontos. Confira!

1. Monitoramento 24h por dia

Os alarmes permanecem constantemente perceptíveis ao invasor (devido às placas indicativas nos locais monitorados, aos sensores e, também, à sirene, que é disparada assim que alguém penetrar o ambiente sem prévio desativamento).

Com isso, os bandidos tendem a não entrar em lugares que podem disparar sirenes e, consequentemente, avisar as autoridades e os responsáveis. Ademais, identificar invasões e notificar as ocorrências permitem que as providências adequadas sejam tomadas rapidamente, impedindo maiores prejuízos.

2. Sem fio

A partir dos recentes avanços tecnológicos, os dispositivos modernos de alarme não empregam fiações (exceção feita para comunicação ou energia). Logo, não é necessário se preocupar com obras pequenas e tampouco prescindir da boa aparência dos ambientes monitorados.

3. Praticidade e flexibilidade

Há certos equipamentos que podem ser acessados por meio de aplicativos, permitindo configurar notificações e acompanhar a rotina do local e conhecer os fluxos de saída e de entrada por meio de um histórico detalhado de ações.

Na atualidade, os painéis não precisam de teclados para desativar ou ativar o sistema, isto é, o usuário pode desarmar e armar a qualquer momento e de qualquer lugar usando o próprio celular.

4. Sem obras

Os dispositivos e equipamentos mais avançados não utilizam fiação. Nesse contexto, o investimento em obras de tubulação, por exemplo, é dispensável. As manutenções periódicas geram menos transtornos e são mais rápidas, pois sequer será necessário remover os móveis de lugar.

5. Disponibilidade

Como os clientes não estão disponíveis o tempo todo, um dos benefícios de investir nessa solução refere-se ao fato de que o serviço inicia as providências aos sinais de invasão ou pedidos de ajuda. Com efeito, a central de alarme monitorada garante, ao funcionar 24 horas por dia, que os procedimentos e a estrutura sejam condizentes com as especificidades de cada situação.

6. Autonomia

Com a utilização de sensores wireless, o sistema de alarme tem baterias próprias, fazendo com que possa ser instalado em locais que complicam a passagem de cabos.

Cumpre ressaltar, por fim, que a instalação de sensores, bem como da central de alarme monitorada, em si, exigem conhecimentos específicos de profissionais especializados. São eles que considerarão os elementos necessários para evitar o disparo de alarmes falsos e outros inconvenientes.

Gostou do artigo? Então, entre em contato conosco e conheça soluções personalizadas para atender à sua residência, condomínio ou estabelecimento comercial.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *