Subscribe Now

Trending News

Aprenda como realizar o monitoramento de imagens em ambientes escuros
Segurança

Aprenda como realizar o monitoramento de imagens em ambientes escuros

A segurança se tornou uma das prioridades tanto para donos e trabalhadores de pontos comerciais quanto para moradores. Mesmo nas pequenas cidades a criminalidade tem crescido dia a dia. Para ser eficaz, a segurança precisa ser feita 24 horas por dia. No entanto, o sistema de proteção para ambientes escuros necessita de determinados cuidados.

Afinal, grande parte dos arrombamentos e furtos acontece durante o período noturno, porque é o momento de maior vulnerabilidade de qualquer estabelecimento. Desse modo, é fundamental a instalação de câmeras que possibilitem a filmagem mesmo em ambientes com baixa luminosidade.

Se houver monitoração, o crime poderá ser impedido. Ademais, facilitará a identificação dos criminosos e a possível recuperação dos bens. Diante disso, preparamos este post para apresentar modelos de câmeras capazes de fazer imagens mesmo em locais escuros. Acompanhe!

Câmeras Infravermelho

As câmeras infravermelho — ou câmeras IR — são uma das mais utilizadas, porque possibilitam a captura mesmo em locais totalmente escuros. Nesse caso, as imagens são em preto e branco. Entretanto, em ambientes iluminados o equipamento captura normalmente em cores.

Ela é composta por placas de infravermelho que são acionadas logo que o ambiente perde a iluminação. O acionamento é feito por meio de fotocélulas que a câmera contém. Logo, a ativação pode ocorrer durante o dia, desde que o local tenha baixa luminosidade.

Essa tecnologia permite a captação de imagens mesmo em locais em que o olho humano não conseguiria enxergar devido a falta de luz. Pode ser utilizada tanto em ambientes externos quanto internos. Ainda, pode-se utilizar esse modelo em qualquer sistema de monitoramento. Ou seja, através da integração da câmera com o DVR, além de armazenar as imagens, também é possível consultá-las em tempo real.

As câmeras infravermelho contam com LEDs que se acendem quando o sensor identifica que há falta de luminosidade no local. Ou seja, quando a quantidade de luz no ambiente atinge um determinado limite predeterminado, um sinal é enviado da placa de LED para a de processamento de vídeo, informando que é preciso ligar os emissores de luz.

Para entender melhor, podemos comparar com postes de iluminação das vias urbanas. Eles têm sensores que medem a quantidade de luz e quando ela atinge certo nível, acionam ou desligam as lâmpadas automaticamente.

As câmeras com LED são classificadas de acordo com a distância alcançada pelos LEDs. Portanto, quando há a informação de que a câmera de segurança é de 50 metros, significa que esse é o alcance máximo dos LEDs. Ao comprar a sua, atente para esse detalhe para que toda a área desejada possa ser monitorada sem problemas.

Esse tipo de câmera está disponível em diversos tamanhos, modelos e formatos. Há versões que contam com sistema infravermelho e instalação sem fio. Outro benefício é que podem ser instaladas em áreas internas e externas, suportam variação de temperatura e momentos de escuridão e claridade e podem ser ligadas a diversos sistemas de monitoramento.

Smart IR

O Smart IR é uma tecnologia presente em alguns modelos de câmeras de infravermelho. Com isso, as imagens do sistema ficam muito mais nítidas, mesmo em ambientes escuros. Conforme a aproximação de pessoas ou movimentação de objetos, há a diminuição da intensidade dos infravermelhos, fazendo com que seja possível observar detalhes com mais precisão.

Sendo assim, o infravermelho noturno aliado ao Smart IR otimiza o trabalho realizado das câmeras específicas para monitoramento de ambientes escuros. Os modelos que contam com essa tecnologia melhoram a captação de luz, reduzem a distância entre a área fotossensível e o filtro RGB e disponibilizam conexões elétricas mais compactas. Ainda, apresenta um recurso que possibilita a captação de imagens com fidelização das cores.

O resultado, como já mencionamos, são imagens de alta qualidade e riqueza de detalhes, evitando aquele efeito indesejado de “estouro” branco na gravação, que pode comprometer a identificação de um criminoso, por exemplo.

Assim como as câmeras de infravermelho, as que contam com o Smart IR também podem ser instaladas em ambientes internos e externos e ligadas a qualquer sistema de monitoramento.

Ultra Low Light

Recurso que permite capturar imagens com alta definição sob a condição de iluminação das estrelas ou quase no breu total em ambiente interno, garantido captura dos objetos e pessoas em cores.

São os sensores das câmeras que oferecem este recurso. No mercado existem duas tecnologias: sensores Sony Starvis e os sensores Starlight. Apesar de ser uma tecnologia de última geração, há fabricantes oferecendo a tecnologia por um custo muito acessível.

Câmeras térmicas

As câmeras térmicas são capazes da capturar luz infravermelha e convertê-la para uma faixa do espectro de forma que seja possível ver o calor gerado por indivíduos e objetos. Qualquer corpo que esteja aquecido a uma temperatura maior que zero emite ondas eletromagnéticas que são captadas pelas câmeras térmicas.

Por esse motivo, são uma excelente ferramenta para a detecção de pessoas e movimentação de objetos em ambientes escuros e também os que estão sob forte intensidade luminosa. Não apresentam limitação de distância, operam em locais de completa escuridão e em condições desafiadoras. Isto é, as imagens são captadas mesmo em situação de neblina, poeira e fumaça, o que não seria possível com câmeras convencionais.

Desse modo, ainda que uma pessoa tente se esconder em sombras ou se camuflar em fundos complexos, sua imagem será capturada pelas câmeras. Além disso, não perde a visão com luzes fortes ou ponteiros de laser. Esse modelo é ideal para ambientes externos e pode ser ligado a diversos tipos de sistemas de monitoramento por rede.

Porém, não fornecem imagens que permitem uma identificação perfeita e confiável. Nesse sentido, o ideal é aliar o uso de câmeras térmicas a outros modelos como os que citamos neste post. Desse modo, será possível detectar uma imagem de perfeita qualidade com as vantagens da câmera térmica (não há limite de distância e funcionam mesmo em condições ruins de visibilidade).

Enfim, para que um estabelecimento fique completamente seguro é fundamental investir em sistemas de proteção que consigam fazer o monitoramento durante 24 horas. Afinal, muitos criminosos aproveitam a vulnerabilidade da noite devido ao pouco movimento e a possibilidade de não serem vistos para realizarem furtos e arrombamentos. Por esse motivo, é essencial ter câmeras específicas para ambientes escuros. Somente dessa forma é possível garantir a proteção da sua família e da sua propriedade.

Se você gostou deste post, compartilhe-o em suas redes sociais para que seus amigos também saibam como ter uma segurança eficaz contra a criminalidade usando câmeras próprias para cada caso!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *