Subscribe Now

Trending News

Conheça as tecnologias utilizadas para acessar sua câmera de segurança
Produtos

Conheça as tecnologias utilizadas para acessar sua câmera de segurança

Para facilitar a vigilância das pessoas e dos bens que mais amamos, o acesso remoto é um serviço indispensável para integração junto ao CFTV.  Dessa forma, é possível monitorar todo o ambiente de forma otimizada, contando com áudio e detecção de movimento. Neste artigo, vamos conhecer algumas opções para que você possa acessar câmera de segurança com maior praticidade.

Com esses meios de conexão, o usuário acessa o monitoramento por meio de dispositivos móveis como o próprio celular, tornando todo o processo de vigilância bem mais cômodo. Com o smartphone já na mão, fica bem mais fácil contatar a polícia em caso de movimentação estranha em sua residência. Vamos mostrar algumas importantes tecnologias que facilitam esse acesso. Confira!

Acesso via nuvem

O serviço via nuvem é a forma mais simples de conferir acesso às imagens por meio da internet. Com essa opção, o usuário pode economizar tempo e driblar configurações mais rebuscadas que envolvam roteadores e portas, já que o acesso pela nuvem ou pelo sistema P2P são regularmente oferecidos pelos próprios fabricantes dos CFTVs como forma de facilitar a implementação.

É interessante notar que a ascensão do formato em nuvem acompanha as tendências da transformação digital — uma era em que os diversos equipamentos eletrônicos permanecem online 24 horas para otimizar todas as tarefas, sejam profissionais ou pessoais.

Nesse sentido, aparelhos como os nossos notebooks, celulares e tablets, devidamente conectados à nuvem, proporcionam agilidade e praticidade para o seu sistema de vigilância. Ter a opção de comandar o CFTV por um leve navegador de internet é indispensável para incrementar o nível de segurança da propriedade.

O circuito fechado em nuvem, portanto, funciona por meio do armazenamento das imagens geradas pelas câmeras em servidores remotos bem estruturados para lidar com o volume de capturas. Essa tecnologia facilita a gravação proporcionada pelas câmeras IP, integrando duas soluções digitais de alta capacidade.

Acesso via DDNS

O DDNS, como sugere a nomenclatura, é um complemento para o popular sistema DNS. Quando os computadores se comunicam na rede, é utilizado um endereço numérico, o IP. O DNS é o sistema que evita que precisemos digitar complexas sequências numéricas para acessar os nossos sites favoritos, traduzindo esses números para uma combinação mais acessível de letras (ou domínio).

O DDNS tem a função de criar um nome de endereço fixo para representar o IP de determinado usuário. Mesmo que esse endereço mude, o DDNS continua o mesmo. Desse modo, o serviço de acesso direto às imagens por esse modelo possibilita que o usuário do CFTV associe os seus equipamentos, como gravadores de vídeos e câmeras, a um domínio.

A taxa anual pode ser considerada um pouco mais elevada que as outras opções de acesso remoto, mas os benefícios são bastante atrativos. O nível de complexidade da configuração da estrutura é compensado por:

  • maior segurança de acesso e das informações;
  • a velocidade otimizada de transferência de dados;
  • capacidade superior, em comparação à nuvem, de acesso simultâneo às câmeras.

Acesso via aplicativos diversos

Além das conexões via nuvem e DDNS, vários aplicativos podem ser instalados para otimizar o acesso remoto ao seu sistema de segurança. Há uma boa gama de opções gratuitas e de alto nível. Vamos conferir algumas delas.

Giga Admin

Disponível para Android e iOS, o aplicativo da Giga Security está entre os mais requisitados do mercado — e o melhor: gratuito. O Giga Admin é eficiente tanto no monitoramento quanto no gerenciamento de sistemas de segurança, trabalhando tanto com câmeras analógicas como os equipamentos que operam via IP.

Rápido e estável, o Giga Admin permite gerenciar e visualizar as imagens das câmeras de segurança via internet. Mais que isso, ele foi desenvolvido especialmente para permitir de maneira simples e rápida que o usuário possa verificar seus sistemas de segurança ou para que o técnico possa vincular diversas contas e gerenciá-las à distância para seus clientes.

  • gerenciamento do gravador de vídeo à distância;
  • opções de zoom em imagens e vídeos;
  • Acesso via rede 3G, 4G ou WIFI;
  • gravação de vídeos e fotos;
  • controle de câmeras motorizadas à distância;
  • reprodução e transmissão de áudio.
  • Busca automática dos dispositivos na rede;
  • Modo de visualização das câmeras: 1, 4, 9 ou 16 câmeras simultâneas;

Todo esse leque de possibilidades transforma o Giga Admin em uma opção sofisticada para quem deseja monitorar a sua casa ou empresa. É, também, uma opção atrativa para quem deseja um aplicativo que apresente uma interface amigável, um sistema acessível de configuração e todo em português.

Alfred Home Security IP Cam

Uma opção gratuita e ainda um dos aplicativos mais utilizados por quem quer acessar a câmera de segurança de forma ágil.  O Alfred Home Security IP só exige dois dispositivos móveis para operar — podem ser dois smartphones, dois tablets ou uma combinação entre ambos.

Com esse app, é possível configurar de forma intuitiva e estabelecer definições tanto de câmera como de monitor. Por meio de conexão com a internet, o usuário estabelece as imagens de monitoramento em tempo real, contando com detecção de movimento e áudio.

É possível, ainda, receber um alerta acompanhado de fotografia sempre que o seu CFTV detectar movimento. Disponível para Android e iOS.

AtHome Camera

Essa opção opera com qualquer dispositivo que esteja equipado com câmera. Nesse sentido, o AtHomeCamera pode ser utilizado até por meio de uma webcam, fazendo par com uma das outras opções mais comuns, como tablets, notebooks e smartphones.

Para utilizar esse app, é preciso baixar o AtHome Video Streamer Monitor, disponível para Android e iOS. Juntos, possibilitam um sistema completo de acesso, com detecção de movimento e comunicação entre o usuário e o ambiente filmado. É possível, também, integrar as imagens à nuvem para assistir posteriormente.

Como vimos neste artigo, são diversas as opções de soluções digitais de ponta para garantir o acesso remoto ao próprio sistema de segurança. É possível assegurar um alto padrão de segurança mesmo que o usuário esteja longe da área monitorada.

A evolução da tecnologia surge como um diferencial para garantir a vigilância por meio dos CFTVs. Os muitos aplicativos se somam às tecnologias mais específicas para garantir que o usuário possa acessar câmera de segurança de forma prática.

Gostou do artigo e tem algo a dizer sobre essas tecnologias ou sobre o acesso remoto? Então, comente no post e compartilhe a sua visão sobre o assunto com a gente!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *