Subscribe Now

Trending News

DVR: guia mais que completo sobre o sistema de gravação
Produtos

DVR: guia mais que completo sobre o sistema de gravação

O Digital Video Recorder (DVR), ou gravador digital de vídeo, surgiu no final da década de 1990, lançado por Anthony Wood com a sua Empresa ReplayTV. Ele é um dispositivo que permite a gravação de programas (via cabo ou satélite) para reproduzir em um segundo momento.

Esse mercado, na época, foi uma excelente alternativa para as TVs por assinatura, porque as companhias televisivas utilizam essa tecnologia para manter as suas vendas no topo e para sair na frente da concorrência. No entanto, esse conceito de tecnologia foi e continua sendo cada vez mais utilizado nos sistemas de segurança, pois permite a gravação das imagens de vídeo para serem reproduzidas quando e onde você escolher.

Vamos aprender mais sobre essa tecnologia? Venha conosco!

O que é DVR?

Para você ter uma ideia, as primeiras videovigilâncias foram projetadas em meados da década de 1970, por meio de circuitos fechados de televisão chamados de Closed Circuit Television (CCTV).

As gravações eram realizadas com câmeras e gravadores de vídeo (videocassete) e para a transmissão era necessário cabos específicos. Os sistemas eram operados de forma manual e ineficaz — considerando que a memória para esses dispositivos era muito pequena.

A cada dois anos eram realizadas substituições nesses programas, porque havia diversas falhas e problemas no sistema e com as fitas. Além disso, as imagens ficavam em baixíssima qualidade. Bom, certamente você se recorda de como era trabalhoso utilizar as fitas cassetes para assistir algum filme ou programa, não é mesmo? Agora, imagine depender delas para gravar imagens de segurança! Complicado, concorda?

Somente nos anos de 1990, com o início do investimento em novas tecnologias e a expansão da internet, que esses programas começaram a ser substituídos pelos Digital Video Recorder (DVR) com gravadores digitais. As gravações eram guardadas em um disco rígido de computador e, quando a memória ficava cheia, elas eram substituídas por mais novas ou havia a possibilidade de transferi-las para outras fitas.

Com a evolução e o aperfeiçoamento dessas novas tecnologias, por volta de 2003, surge os sistemas de Network DVR. Nele, havia a possibilidade de conter várias entradas diferentes (eliminando a necessidade de multiplexadores) e trouxe consigo novas funcionalidades, como é o caso do controle remoto, do zoom, dos alarmes e das notificações de disparo.

Atualmente, existem diversos instrumentos e marcas de DVR. Quando essa tecnologia é utilizada para os serviços televisivos, o mais comum é o chamado TIVO, que é um serviço pago e desbloqueado que permite o uso do gravador junto à fornecedora do sinal. Se a empresa não oferece esse tipo de serviço incluso no pacote de assinatura, é possível comprar um aparelho gravador de DVR (ele tem um disco rígido interno).

Já para o cenário de gravações de vídeo de segurança, o DVR permite diversas funções, tais como:

  • gravação e reprodução de de imagens;
  • permite acesso a imagens gravadas: você pode ter acesso às gravações de horários e datas específicas;
  • facilidade de uso e acesso das informações;
  • analise de vídeo inteligente;
  • armazenamento das imagens na nuvem ou em HDDs de vigilância;
  • acesso ao sistema de CFTV via internet por meio de dispositivos móveis, como celulares e tablets;
  • integração com alarmes e sensores;
  • envio de e-mails quando detectado movimentado e etc;
  • gerenciamento de câmeras analógicas e IPs em um mesmo sistema;
  • gravação das imagens de todas as câmeras em um único dispositivo;
  • possibilidade de gravações de áudio.

Qual é a relação do CFTV e do DVR?

CFTV nada mais é do que um circuito fechado de televisão. É um sistema de monitoramento interno realizado por câmeras que são conectadas em uma estrutura que disponibiliza as imagens por diversos monitores e ainda possibilita a gravação dos registros.

Ele é utilizado nos sistemas de vigilância e monitoramento, podendo registrar incidentes, comportamentos indevidos, vandalismo, ocorrências e assaltos.

O CFTV conta com ferramentas modernas para as câmeras, como é o caso do DVR, auxiliando quem precisa monitorar o seu estabelecimento e não quer depender de um serviço de segurança pessoal ou mesmo recursos não eletrônicos. Assim, ele proporciona o mais alto nível de segurança.

Podemos afirmar que a autonomia de uma gravação depende de diversos fatores, como é o exemplo da quantidade de câmeras, resolução de captura de imagens, padrão de tecnologia, tamanho do HD em que as imagens serão gravadas.

Em termos mais técnicos, também é necessário considerar o algoritmo de compactação do aparelho da gravação, como H.264, H.264+ e H.265 (como é o caso do DVR).

Além disso, há vários tipos de câmeras de segurança eletrônica disponíveis, sendo que cada uma tem uma especificação e permite funcionalidades diferentes. As mais conhecidas são:

  • pin-hole: muito pequenas (do tamanho de uma cabeça de alfinete);
  • dome: formato arredondado com sensor infravermelho;
  • box: parece uma caixa;
  • bullet: formato cilíndrico com sensor infravermelho;
  • pant-tilt: não são muito conhecidas no mercado do varejo, são mais utilizadas em operadoras de estradas;
  • speed dome: alta taxa de zoom e controle de movimento mecânico;

Como o DVR funciona?

O DVR tem um sistema de gerenciamento simples e de fácil configuração. Ele é um software de monitoramento por imagem utilizado tanto por pessoas que querem mais segurança em suas residências, garantindo a segurança patrimonial, quanto por empresas e varejistas que precisam de mais segurança em seus negócios para proteger a sua loja física.

Alguns modelos de DVR já vêm com o HD para salvar as imagens e em outros é necessário adquirir — por isso, é preciso entender o conceito e conferir com o fornecedor antes de efetivar a compra do aparelho.

Ele permite a visualização das imagens em tempo real por meio da internet, sendo possível acessar até mesmo por dispositivos móveis, apenas sendo necessário ter acesso Wireless ou 3G e 4G.

O software permite gravar os vídeos e imagens e exportá-las para outros dispositivos. Para visualizar as capturas ao vivo, ele conta com saída VGA e HDMI para conexão com TVs e monitores.

Ao armazenar as imagens ele ainda comprime o tamanho dos arquivos de vídeo e áudio para garantir a qualidade e estabilidade das transmissões via internet.

Quais são as principais funções do DVR?

Você deve estar se questionando: o aparelho de DVR é utilizado apenas para gravar imagens? A resposta para essa pergunta é: não!

Ele pode ser utilizado para outras finalidades, porque tem algumas funções de gerenciamento de imagens que permitem que o programa grave o que você quer a partir de um determinado horário ou por função. Por exemplo, é possível configurá-lo para começar a gravar quando movimentos forem detectados em certo horário, no caso de ser utilizado em uma loja por motivos de segurança (ele é utilizado para pontos de monitoramento de CFTV).

Há ainda outros aparelhos que são mais modernos e que disparam alarmes e enviam mensagens para o administrador do sistema de vigilância informando quando algo suspeito é detectado no vídeo.

Essa tecnologia é conectada com a internet e possibilita que o dono do estabelecimento que está sendo monitorado consiga acessar as imagens por um celular ou outro dispositivo móvel. Assim, há a tranquilidade e segurança de que a sua casa ou empreendimento esteja sendo monitorada 24 horas por dia.

Quais são as diferenças entre DVR, NVR e HVR?

É muito comum as pessoas confundirem os conceitos de DVR, NVR e HVR. Mas fique tranquilo: nós vamos explicar tudo para você!

DVR

O DVR é um sistema de gravação que é utilizado tanto em residências quanto em estabelecimentos comerciais por causa do seu custo-benefício. Além disso, ele grava imagens de câmeras analógicas de resolução até 4 megapixel ou superior. No mercado atual existem padrões de tecnologia que diferenciam a performance dos DVRs: AHD, HDCVI ou HDTVI. Importante verificar se o DVR é compatível com câmeras que funcionem no mesmo padrão. No entanto, a maioria deles já opera com todas elas.

NVR

O Network Video Recorder (NVR) é um sistema bem semelhante ao DVR, contudo, além de monitorar o ambiente, ele gerencia as câmeras por meio da internet ou rede (IP). Os equipamentos armazenam as imagens (1 MP, 2MP até 5MP) em HDD de vigilância ou via nuvem, todas de forma individual. Ele normalmente é utilizado para condomínios fechados ou projetos de maior porte.

HVR

O Hybrid Video Recorder (HVR) é um sistema aperfeiçoado do DVR e do NVR. Ele aceita tanto as câmeras analógicas quanto as do tipo IP e um mesmo sistema de gerenciamento. Ele é indicado para projetos que queiram combinar câmeras IP e analógicas, com objetivo de redução de custo ou mesmo ampliar a qualidade de imagem de um determinado ponto específico.

Quais são os principais modelos de DVR?

Agora que você conheceu os conceitos envolvidos no DVR, confira quais são os principais modelos disponíveis no mercado!

DVR 4 MEGA Hibrido / DVR OPEN 4 Megapixel

O DVR Hibrido:

  • grava em 4 megapixels;
  • tem saída de vídeo BNC, HDMI e VGA;
  • existem três modelos: 4, 8 e 16 canais;
  • é compatível com todas as câmeras de segurança com tecnologia CVBS, AHD, HDCVI e HDTVI;
  • tem tecnologia de compressão H264+;
  • suporta 1 HDD até 10TB.

Conheça os principais modelos:

Modelo GS04OPEN4Mi2

Ele é ideal para projetos de estabelecimentos pequenos, como residências, comércios menores e clínicas.

A linha de gravadores digitais de vídeo HVR OPEN HD 4M é recomendada para projetos de CFTV que necessitam de visualização, gravação e acesso remoto de imagens em altíssima resolução.

Com tecnologia de compressão de vídeo H264+, isso significa que é até 50% maior que a compressão H.264 (menor consumo de banda larga e espaço no HDD de armazenamento). Aceita câmeras com tecnologia analógica CVBS, HDTVI, AHD e HDCVI com qualidade HD, Full HD e 4 megapixels.

Para facilitar o acesso das imagens via internet, a Giga Security oferece os serviços: DDNS Giga, acesso via Nuvem (que podem ser acessados por meio do App Giga Monitor), softwares GIGA VMS e CMS, além da navegação por web browser, todos eles gratuitos e compatíveis com os DVRs Híbridos OPEN 4M.

Vem com proteção elétrica para evitar danos aos equipamentos (IEC 6100-4-5 — suporta até 4000 volts induzido) e permite 4 canais analógicos, 2 canais híbridos e 12 acessos simultâneos.

Modelo GS08OPEN4Mi2

Ele tem as mesmas características técnicas que abordamos acima e também é indicado para projetos pequenos. A diferença é que esse modelo suporta 8 canais analógicos, 4 canais híbridos e permite 12 acessos simultâneos.

Modelo GS16OPEN4Mi2

Tem as mesmas características técnicas dos produtos anteriores, contudo, esse modelo é ideal para projetos de grande porte, como prédios, comércios, redes varejistas, hotéis e shoppings. Isso porque ele suporta até 16 canais analógicos e 8 canais híbridos e tem duas entradas de áudio. Além disso, permite 16 acessos simultâneos.

DVR OPEN HD Híbrido (1080N)

A linha de DVR HD é um gravador digital de vídeo que permite gravar e monitorar imagens de câmeras de segurança com qualidade de HD 720p ou 1080N, para 4, 8, 16 ou 32 câmeras.

A tecnologia dos DVRs Stand Alone da Giga Security permite usar câmeras de segurança com tecnologias CVBS (analógicas), AHD, HDCVI e HDTVI e tem três modelos:

Modelo GS04OPENHDi3

  • modo de canal analógico: 4 câmeras (1080n/AHDNH) ou 4 câmeras (720p/AHDM);
  • modo de canal híbrido: 2 câmeras 720p/AHDM + 2 câmeras IP HD (720p);
  • modo de canal IP: 8 câmeras de IP (1080p) ou 12 câmeras IP (960p);
  • entradas de áudio: 2 canais RCA;
  • saída de áudio: 1 canal RCA;
  • resolução de gravação e visualização: 960 x 1080 (1080n) ou 1280 x 720 (720p);
  • modos de gravação: gravação por agendamento, manual, remota, movimento e perda de vídeo.

Modelo GS08OPENHDi2

  • modo de canal analógico: 8 câmeras (1080n/AHDNH) ou 4 câmeras (1080p/AHDH);
  • modo de canal híbrido: 2 câmeras (1080p/AHDH) + 2 câmeras (1080p/2MP);
  • modo de canal IP: 16 câmeras IP (1080p/2MP) ou 16 câmeras IP (960p/1.3MP) ou 4 câmeras IP (5MP);
  • entradas de áudio: 1 canal RCA;
  • saída de áudio: 1 canal RCA;
  • resolução de gravação e visualização: 960 x 1080 (1080n) ou 1280 x 720 (720p);
  • modos de gravação: gravação por agendamento, manual, remota, movimento e perda de vídeo.

Modelo GS16OPENHDi2

  • modo de canal analógico: 16 câmeras AHDNH (1080n) ou 16 câmeras AHDL (960H);
  • modo de canal híbrido: 8 câmeras AHDNH(1080n) + 8 câmeras de IP (960H);
  • modo de canal IP: 8ch IP (1080p) + 8ch IP(960H) ou 16ch IP (960H) ou 4ch IP (3M) ou 4ch IP (5M);
  • entradas de áudio: 2 canais RCA;
  • saída de áudio: 1 canal RCA;
  • resolução de gravação e visualização: 960 x 1080 (1080n) ou 1280 x 720 (720p);
  • modos de gravação: gravação por agendamento, manual, remota, movimento e perda de vídeo.

DVR HD (720p) / DVR LITE (720p)

A linha de DVRs LITE Stand Alone é um gravador digital de vídeo que permite gravar e monitorar imagens de câmeras de segurança com qualidade até resolução HD (720p) para 4 e 8 câmeras.

A tecnologia dos DVRs Stand Alone da Giga Security permite usar câmeras de segurança com tecnologias CVBS (analógicas), AHD, HDCVI e HDTVI. Existem dois modelos:

Modelo GS0082

Esse modelo tem:

  • tecnologia: suporta câmeras CVBS (analógica), AHD, HDCVI e HDTVI;
  • quantidade de canais: 4 canais OPEN HD (720p);
  • entradas de áudio: 1 canal RCA;
  • saída de áudio: 1 canal RCA;
  • resolução de gravação e visualização: 1280 x 720;
  • taxa de gravação: PAL (25 fps/canal) e NTSC (25 fps/canal);
  • compressão de vídeo: H.264;
  • saída de vídeo: 1 VGA e 1 HDMI;
  • armazenamento: suporta até 1 HDD de 10TB;
  • sinal do sistema: NTSC/PAL;
  • quantidade de acessos: 12 acessos simultâneos (1080p);
  • rede: RJ45 10M/100M Base – TX;
  • modos de acesso: DDNS Giga, Nuvem e endereço IP em rede local;
  • aplicativo de acesso: via internet pelo app Giga Monitor;
  • software de monitoramento: via internet pelo software CMS e software GIGA VMS;
  • navegadores: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Safari e Google Chrome;
  • portas USB: 2 interfaces USB;
  • mouse: sim;
  • backup: HD externo;
  • alimentação: 12 VDC;
  • consumo (ligado): 15w (sem HD);
  • temperatura de operação: 15w (sem HD);
  • dimensão: 206(L) x 196(P) x 45(A)mm;
  • peso: 135g (sem HD);
  • proteção de surto: IEC 6100-4-5 (suporta até 4000 volts induzido).

Modelo GS0083

Essa opção conta com:

  • tecnologia: suporta câmeras CVBS (analógica), AHD, HDCVI e HDTVI;
  • quantidade de canais: 8 canais OPEN HD (720p);
  • entrada de áudio: 1 canal RCA;
  • saída de áudio: 1 canal RCA;
  • resolução de gravação e visualização: 1280 x 720;
  • taxa de gravação: PAL (25 fps/canal) e NTSC (10 fps/canal);
  • compressão de vídeo: H.264;
  • saída de vídeo: 1 VGA e 1 HDMI;
  • armazenamento: suporta até 1 HDD de 10TB;
  • sinal do sistema: NTSC/PAL;
  • quantidade de acessos: 12 acessos simultâneos (1080p);
  • rede: RJ45 10M/100M Base – TX;
  • modos de acesso: DDNS Giga, Nuvem e endereço IP em rede local;
  • aplicativo de acesso: via internet pelo app Giga Monitor;
  • software de monitoramento: via internet pelo software CMS e software GIGA VMS;
  • navegadores: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Safari e Google Chrome;
  • portas USB: 2 interfaces USB;
  • mouse: sim;
  • backup: HD externo;
  • alimentação:12 VDC;
  • consumo (ligado): 15w (sem HD);
  • temperatura de operação: 15w (sem HD);
  • dimensão: 206(L) x 196(P) x 45(A)mm;
  • peso: 158g (Sem HD);
  • proteção de surto: IEC 6100-4-5 (suporta até 4000 volts induzido).

Como visto, o DVR é uma sigla em inglês que significa Digital Video Recorder, ou gravação de vídeo. A sua função principal é gravar as imagens geradas pelas câmeras de segurança e transmiti-las ao vivo para diversos monitores que estão conectados. Ele também permite o backup e fazer a sua reprodução e gravação remota, via internet. Portanto, trata-se de uma solução eficiente para quem precisa monitorar o seu estabelecimento comercial ou residência.

Agora que já aprendeu tudo sobre o assunto, que tal entrar em contato conosco para conhecer nossas soluções? Será um prazer conversar com você!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *