Subscribe Now

Trending News

Guia de marketing para técnicos em segurança eletrônica
Vendas

Guia de marketing para técnicos em segurança eletrônica

Uma das principais vantagens do marketing atual é a capacidade de atender empreendedores de diversos segmentos. Os técnicos em segurança podem otimizar seus resultados, conquistar e fidelizar clientes com estratégias sólidas de posicionamento no mercado.

Neste post, vamos apresentar os meios mais comuns para que esses profissionais divulguem seus serviços com eficiência, se utilizando de todo o poderio da transformação digital e de técnicas mais tradicionais. Confira!

Por que fazer marketing?

Podemos responder a essa questão ao nos concentrarmos em uma mudança específica. Nos últimos anos, o marketing conseguiu alcançar um estágio que muitos julgavam impossível: sua eficácia geral aumentou ao mesmo tempo em que as ações se tornavam cada vez mais imperceptíveis.

Isso se explica pela ascensão do chamado marketing de conteúdo, que passou a postar na atração natural por meio de conteúdo relevante. Desse modo, o empreendedor que investe em estratégias de marketing não está custeando, necessariamente, anúncios que vão ser exibidos para pessoas que não desejam ver aquele tipo de propaganda.

Com o marketing de conteúdo, o profissional oferece os seus serviços de forma mais sutil. Um cliente em potencial que esteja procurando solução para determinado problema, por exemplo, pode acabar acessando o blog de um empreendedor que oferece o suporte necessário para responder àquela questão e outros artigos e vídeos relevantes.

Desse modo, a pessoa desenvolve uma relação especial com a empresa já que, em vez, de anúncios forçados pululando em sua tela, é possível ser atraído para aqueles serviços por meio de conhecimento adquirido. A finalidade do marketing moderno é, portanto, agregar valor ao cliente, que começa a ser fidelizado por essa relação de reciprocidade.

Por onde começar?

O início de todo o processo pode ser intimidador, mas apresentaremos algumas etapas esquematizadas para que você entenda melhor.

Conhecer o público

Lembre-se que de nada adianta investir em estratégias de marketing para você conseguir mais clientes se você ainda não tem claro quem é a pessoa que você deseja atingir e dirigir suas ações. Por isso, se você deseja ter êxito como um técnico em segurança eletrônica independente, é uma boa ideia começar logo a definir o seu público-alvo, preparando serviços personalizados de acordo com o perfil traçado.

O público-alvo nada mais é que a delimitação de um grupo de pessoas com características similares, simbolizando as pessoas que você deseja atender. Um meio prático de esboçar esse conjunto de clientes em potencial é definir uma persona, um tipo de consumidor mais específico.

A persona é desenvolvida de acordo com as categorias mais latentes do seu público. Podemos exemplificar de forma simples: se você deseja trabalhar com CFTVs residenciais mais robustos, a sua persona pode ser a pessoa com a maior renda em uma família de 3 a 5 pessoas.

Dessa forma, é possível entender os problemas de segurança que essa pessoa enfrenta e prover soluções mais imediatas. Com a definição dessa persona, fica mais fácil até compreender, com um nível maior de precisão, as especializações e equipamentos que você priorizará em sua prestação de serviços.

Definição dos serviços

Nesse momento, é importante pensar sobre as soluções e produtos específicos que você deseja fornecer aos clientes. Pode ser interessante se especializar em um nicho específico e atender uma demanda que ainda não esteja sendo plenamente atendida.

O essencial é pensar em estratégias mais seguras de marketing, após a definição da persona. Desse modo, se torna mais fácil apostar em soluções que contemplem demandas especialmente direcionadas ao público-alvo delimitado.

Se você deseja atender empresas de médio e grande porte, por exemplo, não faz muito sentido apostar em serviços mais básicos, como produtos analógicos. Nesse caso, é uma boa medida se inteirar sobre projetos mais ambiciosos de segurança, envolvendo as tecnologias que garantem sistemas de segurança mais completos.

3 estratégias mais usadas

Vamos conhecer ações efetivas para traçar algumas estratégias de marketing. Confira.

1. Exposição da marca

A Exposec, Feira Internacional de Segurança, é um evento anual de grande porte que ocorre em São Paulo. Nesse evento, companhias, fornecedores, prestadores de serviço e entusiastas em geral de segurança em geral se reúnem para discutir equipamentos e para fazer networking.

Porém, a Exposec, apesar de seu porte considerável, não é o único evento do tipo. Muitas outras feiras do tipo podem ser uma boa plataforma para técnicos em segurança eletrônica conquistarem clientes, conferir as novidades, buscar novos contatos e enriquecer o currículo.

Além disso, é uma ótima maneira para expor a sua marca e os serviços prestados por você. Afinal, nesse tipo de evento você pode distribuir cartões de visita de forma estratégica e reforçar o seu nome nesse mercado.

A boa notícia é que cartões de visita são só um dos materiais gráficos que podem ser utilizados para essa divulgação. Vamos conhecer outras opções interessantes de publicidade para técnicos.

1. Panfleto

Um eterno sucesso entre as opções de materiais gráficos, os panfletos se destacam pela simplicidade e pelo baixo custo de produção. Por meio dessa opção, é possível apresentar as atividades que você pode desenvolver de forma simples e direta.

Ele pode ser utilizado, também, para divulgar promoções e descontos estratégicos. Porém, é bom não esquecer de algumas informações básicas para garantir que você seja facilmente encontrado pelos clientes:

  • telefone;
  • e-mail;
  • site e blog;
  • resumo geral dos serviços oferecidos e alguma referência de sua formação e experiência.

2. Folder

O termo, que tem como a origem o verbo em inglês “to fold” (dobrar) já entrega as funcionalidades desse tipo de material: o folder funciona por meio de dobras que vão sendo manipuladas pelo usuário e revelando novas informações.

A utilização desse artefato é bem similar ao do panfleto, com a diferença de que o folder oferece informações mais aprofundadas, contidas justamente nas dobras. Se você tem a própria loja, é uma ótima medida deixar alguns folders em cima do balcão: além de provar o seu profissionalismo, eles vão possibilitar que o cliente conheça melhor o seu trabalho.

3. Catálogo

Mais robusto, o catálogo é indicado para técnicos que têm um know-how amplo e desejam documentar toda a sua experiência no ramo. Por meio dessa ferramenta, é possível expor todos os serviços e produtos ofertados pelo seu negócio, de forma organizada. Caprichar no design dessa peça é outro bom passo para atestar o seu profissionalismo e chamar a atenção de novos clientes.

4. Cartão de visita

Como esse item é um clássico da boa propaganda, merecia um tópico próprio além da nossa menção inicial. Ele é um dos materiais gráficos mais importantes para um empreendedor, já que transmite de forma simplificada todos os contatos do negócio e o nome do responsável que deve ser procurado.

Para se ter uma ideia da importância desse item, muitas feiras e eventos de segurança eletrônica exigem a apresentação de um cartão de visita para comprovar a ocupação do profissional. Para técnicos, mais ambiciosos, é possível desenvolver diferentes tipos de cartão, com técnicas como enobrecimentos, formatos e envolvendo cores especiais.

Além disso, é essencial caprichar na confecção: explique bem as suas intenções para o designer, já que uma peça de acabamento precário pode custar oportunidades preciosas de negócio. Quando terminar o serviço, não se esqueça de entregar o seu cartão personalizado para o cliente. Você é a sua própria marca — nada como um cartão bem-feito para mostrar o que você faz e como contatá-lo.

2. Marketing boca a boca

Confiança é um fator importante quando o assunto é um bom projeto de segurança eletrônica. Desse modo, outro fator essencial para traçar uma estratégia efetiva de marketing é a divulgação boca a boca. Quando você presta um bom atendimento, crescem as chances de você ser indicado a outros pessoas.

É importante seguir as seguintes dicas para divulgar os seus serviços de forma eficiente:

  • mantenha-se atualizado sobre o assunto para realizar tarefas de modo otimizado;
  • invista nas habilidades interpessoais para prover o melhor atendimento possível;
  • deixe, sempre, a casa do cliente bem arrumada após o trabalho;
  • evite inflar os preços e os reajuste de acordo com a complexidade;
  • peça feedbacks e sugestões de melhoria;
  • busque sempre meios de oferecer os reparos no menor tempo possível, mas sem comprometer a segurança do cliente;
  • utilize sempre materiais de alto nível em seus trabalhos.

Apesar da sua eficiência, há uma versão ainda mais sofisticada e esquematizada do marketing boca a boca, conhecida como Programa de Indicações. Trataremos dela adiante.

3. Marketing digital

O marketing moderno surgiu com a democratização e a popularização do acesso à internet, fator que influenciou todo tipo de negócio. Como essa tecnologia se tornou onipresente no cotidiano de grande parte das pessoas, esse público passou a contar com uma autonomia diferenciada para pesquisar com cuidado e a adquirir produtos e serviços com maior conhecimento de causa.

Com as novas técnicas da adaptação a esse novo cenário, o marketing se reinventou para canalizar resultados, com indicadores precisos para mensurar de forma precisa o impacto das novas estratégias. Vamos conhecer algumas das formas mais indicadas para aqueles que querem investir na opção digital.

3.1. Blogs

Podemos afirmar que, se você ainda não tem um site ou blog para divulgar o seu trabalho na internet, você está deixando de ser encontrado por milhares de pessoas que procuram pelos seus serviços — até mesmo em sua própria região.

Os blogs se relacionam diretamente ao Inbound Marketing, um conceito derivado das ideias do Seth Godin, em 1999. É um conjunto de estratégias desenvolvidas para atrair clientes por meio da produção de conteúdo relevante, enriquecendo os sites.

O interessante é que, ao contrário do marketing tradicional, a empresa não se concentra tanto em ir atrás de novos consumidores. Esse modelo é especial porque a companhia utiliza canais como melhores posições nos mecanismos virtuais de busca, redes sociais e os blogs para ser encontrada.

Desse modo, você pode firmar uma parceria com empresas de marketing de conteúdo e alimentar o seu blog com textos sobre a área de segurança eletrônica. Afinal, quando as pessoas estiverem pesquisando sobre determinados assuntos que envolvem o ramo, elas chegarão ao seu blog — principalmente se a sua estratégia posicionar a sua página entre as primeiras nos resultados de pesquisa.

Por exemplo: muitas pessoas pesquisam termos como “técnicos em segurança” ou “segurança digital”. Se um desses indivíduos encontrar o seu próprio blog (ou site) entre os primeiros resultados dessa busca, suas chances de ser encontrada aumentam consideravelmente. Se a sua página oferecer um meio rápido de contato para um orçamento, melhor ainda.

3.2. Redes sociais

Não podemos esquecer dos frutos gerados pela presença assertiva nas redes sociais. Afinal de contas, a maioria dos clientes está lá, interagindo e avaliando os produtos que consomem.

É importante notar que técnicos de segurança eletrônica que desejam oferecer seus serviços não precisam, necessariamente, investir nas mesmas estratégias de marketing das grandes empresas. Até porque muitas dessas companhias apostam em anúncios pagos, que “invadem” os perfis dos clientes em potencial, causando transtornos.

Assim, o melhor a se fazer é divulgar o seu trabalho de forma transparente, mas sem excessos. É uma boa ideia pedir a ajuda de familiares e amigos próximos, que podem compartilhar as suas publicações e espalhar a notícia de que um técnico qualificado está a postos para ajudar.

Muitas pessoas priorizam esse tipo de profissional autônomo pela possibilidade de estabelecer uma relação mais próxima, o que pode não ser o caso de colaboradores de grandes companhias, que oferecem um tratamento mais genérico aos clientes. É uma boa medida explorar essa faceta.

Por meio das suas postagens, você pode incentivar as pessoas a comentarem em suas publicações. Porém, é importante estar atento para não deixar a maioria das pessoas sem resposta, principalmente nas críticas negativas. Muitos clientes podem ser reconquistados com um tratamento polido e o pedido de uma nova chance para mostrar o seu trabalho.

Caso a sua rotina seja muita corrida e você não tenha tempo de alimentar as suas redes sociais com conteúdos regulares, vale a pena pensar em pagar uma empresa de comunicação e marketing para elaborar postagens mais frequentes e atrativas, de acordo com pesquisas sólidas de mercado.

3.3. Whatsapp

Uma das grandes dificuldades que vários empreendedores enfrentam é conseguir manter um bom relacionamento com seus clientes e, por fim, fidelizá-los após o trabalho realizado. O WhatsApp é mais um canal no qual investir para traçar ações mais eficazes de marketing.

Você pode disponibilizar a sua conta nessa plataforma como mais um espaço para que as pessoas peçam a sua ajuda, aumentando a retenção de consumidores. Alguns projetos de segurança podem ser mais complexos, o que vai exigir um acompanhamento maior e um contato próximo com o contratante.

Assim, é importante mapear todos os tipos de problema que o seu consumidor pode ter para fornecer uma ajuda o quanto antes. O programa, além de ajudar a incrementar o relacionamento mais saudável com seus clientes, o ajuda a estabelecer alguns meios de divulgação e venda dos serviços e produtos. Com ele, é possível apresentar as suas novidades para essas pessoas.

Principalmente quando falamos de negócios com demandas sazonais, é uma bela oportunidade de estimular compras mais frequentes. Se você é um técnico de alto nível, provavelmente vai prover reparos que durem muito e valorizem o dinheiro do cliente.

Sendo assim, é essencial manter o contato com eles e não sair do radar dessas pessoas, mantendo seus serviços sempre em evidência para que os clientes já fidelizados o indiquem para novos trabalhos.

Depois que o consumidor efetivar a compra, você pode fazer uma operação de pós-venda e perguntá-lo se o atendimento foi eficiente. Assim, você poderá saber se a experiência foi positiva e se há algum tipo de sugestão para a melhoria do serviço prestado.

Como fidelizar o cliente?

Agora, vamos apresentar algumas boas práticas para que você aumente a sua retenção de clientes e continue oferecendo um serviço de ponta.

Consultorias gratuitas

É comum que as pessoas procurem profissionais especializados, seja em segurança eletrônica ou em qualquer outro ramo de atuação, com um problema específico. Contudo, após a conversa com um técnico experiente e bem informado, essas pessoas passam a conhecer outros produtos desenvolvidos para otimizar toda a sua rotina.

É aí que um técnico de alto nível pode se destacar, já que o profissional comum simplesmente provê a solução para o problema momentâneo do cliente, mas sem se aprofundar em ajudar ainda mais essa pessoa — e ainda deixa de apresentar diversos equipamentos que poderiam ajudar no cotidiano.

Desse modo, podemos dizer que oferecer uma consultoria gratuita para novos clientes é uma ótima medida. Muitos empreendedores não oferecem essa vantagem e acabam desestimulando consumidores em potencial, já que essas pessoas podem não se decidir pela contratação de um profissional  que ainda não conhecem bem.

Além disso, é uma oportunidade para que eles conheçam novas tecnologias e equipamentos para garantir uma economia significativa em longo prazo. Isso é especialmente importante para técnicos que também trabalham com a comercialização de produtos.

Programa de indicações

Criar um programa desse tipo tem se mostrado uma ação efetiva de marketing quando o assunto é vendas, fidelização e conversão de clientes. Uma espécie de evolução do bom e velho marketing boca a boca, essa estratégia tem como principal objetivo conquistar novos consumidores a partir de indicações feitas por pessoas já fidelizadas.

Como mencionamos, existem anúncios pagos em redes sociais. Porém, muitas vezes o empreendedor investe nesse tipo de publicidade e não obtém os resultados desejados, já que não trabalha com um direcionamento mais assertivo.

Com o programa de indicações, essas iniciativas de marketing se tornam mais precisas, já que os clientes tendem a indicar os técnicos em segurança para pessoas próximas. Já na publicidade paga, a divulgação é mais difusa.

Além disso, a confiança é outro diferencial em um plano para convencer novos clientes a solicitarem a sua expertise em segurança eletrônica. É mais fácil para os consumidores em potencial levarem a opinião de um familiar ou amigo próximo em consideração à confiar cegamente na indicação de um vendedor ou de alguém que elas não conheçam.

Com o poder da internet, as indicações se tornaram bem mais ágeis e abrangentes. Afinal, um influenciador digital, por exemplo, repassa as suas próprias opiniões para milhares de pessoas que confiam em seu julgamento. Agora, vamos conhecer algumas ações práticas para elaborar um programa eficiente de indicações.

Ofereça um atendimento de alto nível

Para que o programa de indicações tenha pleno sucesso, você precisa, antes de tudo, oferecer ao seu cliente um ótimo serviço. A consequência é uma experiência de compra inesquecível e uma referência para o futuro.

Para começar, é uma boa medida criar uma avaliação dessa experiência de compra, partindo da perspectiva do consumidor. Assim, incentive os feedbacks e aplique pequenos questionários destinados a melhorar as próximas negociações.

Conquiste as suas indicações

Ao invés de simplesmente pedir que as pessoas recomendem o seu trabalho, como no marketing boca a boca, é possível ir ainda mais longe. Você pode oferecer algum tipo de recompensa factível em troca dessas indicações.

Assim, programas de fidelidade, descontos progressivos, brindes ou benefícios em parcerias com outros comerciantes são formas válidas de estimular os clientes a compartilhar a experiência positiva.

Promoções especiais são interessantes, mas devem ser desenvolvidas de forma pontual. Afinal, se o seu negócio divulga promoções diariamente, elas perdem o apelo da novidade e a eficácia.

Firme parcerias com influenciadores

O programa de indicação pode ser ainda mais otimizado com parcerias estratégicas com influenciadores — pessoas que são referências em determinados nichos e que influenciam muitos seguidores. O que muitos empreendedores fazem é convidar essa pessoa a utilizar um dos seus serviços e, em troca, receber uma indicação do influenciador caso a experiência seja positiva.

Se você é o responsável pelo projeto de segurança de uma personalidade da internet ou um radialista, por exemplo, pode conquistar o respeito dele com o nível do seu trabalho e fazer com que ele reitere a sua expertise por meio de uma rede social.

Mantenha a sua nota alta nas avaliações

Essa é uma ação relacionada a um tipo mais indireto de indicação. Páginas comerciais no Facebook recebem notas de avaliação e o site agrega as notas e traça uma média geral. Se você for um profissional competente, que ofereça um atendimento afável e preços justos, sua nota tende a ser alta — e os clientes sempre estão de olho nisso.

Percebeu como existe um amplo leque de ações de marketing para técnicos em segurança eletrônica? Como pudemos ver no post, é possível combinar iniciativas mais tradicionais, como o investimento em folders e panfletos, com todo o poderio do marketing digital e o alcance da internet.

Se você gostou do texto e quer continuar lendo os nossos artigos, então aproveite a visita e assine a nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *