Subscribe Now

Trending News

Saiba por que um nobreak para CFTV é tão importante
Produtos

Saiba por que um nobreak para CFTV é tão importante

Os equipamentos eletrônicos e elétricos estão muito presentes em nosso dia a dia. Já não podemos imaginar a vida sem eles. Um nobreak para CFTV, por exemplo, é indispensável.

Trata-se de um estabilizador com uma bateria interna, que tem como finalidade evitar que aparelhos sejam desligados de repente durante possíveis quedas de energia. A importância do seu uso está na segurança que ele pode garantir para o bom funcionamento de diversos sistemas.

O nobreak é um equipamento que pode ser considerado tão relevante quanto o próprio CFTV. Neste artigo, vamos falar mais sobre a utilidade do nobreak e sua relevância em projetos de CFTV! Continue acompanhando e saiba como escolher o melhor!

Para que serve um nobreak?

O nobreak funciona como um tipo de “filtro”. A energia elétrica da distribuidora chega até esse equipamento, sendo “purificada” em seguida. Isso significa que todos os aparelhos eletrônicos que estão conectados a ele vão ter um tempo de vida maior, afinal, vão sofrer bem menos com oscilações de luz. E é importante destacar que o nobreak é fácil de ser instalado e muito mais em conta quando comparado aos tradicionais geradores.

Muitos afirmam que o nobreak é um dispositivo usado para manter os equipamentos eletrônicos e elétricos funcionando em eventuais quedas de energia. Esse entendimento está certo, de fato, ainda que incompleto.

Na verdade, o nobreak, além de “assumir” o fornecimento de energia em situações de interrupção — por tempo determinado, é claro, pois dependente da autonomia da bateria interna —, também atua mantendo a estabilidade da rede elétrica, evitando que oscilações e picos de energia danifiquem os equipamentos.

Por que usar um nobreak para CFTV?

Conheça os principais motivos para utilizar um nobreak para CFTV a seguir!

Garante fornecimento de energia ao CFTV

O nobreak funciona como uma bateria independente capaz de manter a alimentação em casos de falta de alimentação. Muitas empresas que fazem instalação de sistemas de CFTV podem tentar baratear o orçamento eliminando do projeto equipamentos de extrema importância, como o nobreak.

Contudo, em casos de queda de energia, todo o investimento realizado no sistema de CFTV é perdido, caso ele não conte com um nobreak. Como se sabe, as quedas de energia são bastante comuns em certas regiões do Brasil.

Estabiliza a rede elétrica

O nobreak é o grande responsável por assegurar o funcionamento dos equipamentos eletrônicos quando ocorrem falhas na energia elétrica. Isso, porque todos estão sujeitos às frequentes alternâncias da rede de energia elétrica, como surtos de tensão, quedas de luz e raios que podem trazer muitos problemas.

Essas oscilações na rede elétrica podem acabar danificando os aparelhos, deixando-os sem chance de reparos, se eles não forem protegidos por um nobreak adequado, garantindo que a rede elétrica seja estabilizada.

Aumenta a segurança fornecida pelo CFTV

Sem dúvida alguma, o nobreak aumenta a segurança fornecida pelo CFTV. Primeiro, porque assegura que todas as imagens vão ser gravadas e armazenadas sem interrupção. Desse modo, não vão existir meios de esconder qualquer ação inadequada, uma vez que tudo vai ficar guardado e, claro, com meios para pleno acesso.

Além disso, o uso de um nobreak em conjunto com o CFTV pode ser fundamental também para inibir a ação de criminosos que planejem interromper a energia a fim de agir sem ser reconhecidos. Ao garantir a continuidade de operação do sistema, o nobreak contribui para frustrar esse tipo de ato.

Como escolher um nobreak?

Para adquirir o melhor nobreak para sua necessidade, é necessário fazer algumas comparações, como tipo de equipamento, tensão, potência e tempo de autonomia. Certamente, essas informações são fundamentais para a decisão, seja um nobreak residencial ou para fins corporativos. Veja o que considerar!

Quantidade de aparelhos que serão conectados a ele

Antes de tudo, a análise inicial a ser feita refere-se à quantidade de aparelhos que vão ser conectados ao nobreak. Vamos imaginar que o objetivo seja ligar o computador e o modem. Bom, em um caso como esse, é preciso somar as potências desses equipamentos, lembrando que as medidas em watts normalmente são encontradas no manual de instruções ou na parte de trás dos produtos.

Para descobrir qual nobreak escolher, a dica é analisar o valor em VA do equipamento e multiplicá-lo pelo fator de potência, o qual pode sofrer variação de 0,5 a 1,0, dependendo do nobreak. Com isso, vai-se chegar ao valor em watts que o equipamento suporta. O passo seguinte é comparar esse valor com os modems, computadores e demais aparelhos que serão ligados a esse nobreak.

Tempo de autonomia

Outro aspecto imprescindível é o tempo de autonomia, caso o escritório ou a residência fique sem energia. Isso pode fazer total diferença sobre qual nobreak escolher. Após definir a quantidade de equipamentos plugados e, por sua vez, a potência do nobreak, é preciso determinar qual o tempo ideal de autonomia para concluir as atividades em uma possível queda de energia.

Tipo de nobreak

Atualmente, há três tipos de nobreak: o offline; linha interativa e o online de dupla conversão. Cada tipo de nobreak precisa ser utilizado para um tipo de situação. O offline é o mais barato e simples. Ele repassa a energia da tomada para o dispositivo, mantendo suas baterias prontas para serem usadas. Assim que a energia acaba, ativa as baterias.

Já os de linha interativa se adaptam às instabilidades da rede elétrica, servindo, então, como estabilizadores, garantindo um excelente funcionamento dos aparelhos ligados a eles. Esses dois modelos são considerados equipamentos domésticos, devendo ser utilizados em sistemas mais simples. Os computadores podem ser ligados a eles, mas nunca mais de uma máquina por nobreak.

Por fim, quanto aos modelos offline e de dupla conversão, esses são sofisticados, grandes e apresentam todas as tecnologias necessárias para o ótimo funcionamento de máquinas sensíveis e grandes, especialmente datacenters e servidores. Para estes últimos, este é o único tipo que vai assegurar um funcionamento ininterrupto até a hora em que a energia voltar. São nobreaks de ondas puras, correção de sinal e chaveamento imediato.

Marca de confiança

Por fim, é importante escolher uma marca de confiança no momento de adquirir um nobreak. Analise bem o diferencial dos produtos e prefira uma empresa que tenha uma boa trajetória no setor de sistemas de energia, além de contar com um rígido processo de homologação de fornecedores. Opte por quem seleciona os componentes com o objetivo de assegurar a melhor performance com o melhor custo-benefício.

Bom, como você pôde ver, em projetos de CFTV, os nobreaks garantem a integridade das informações no caso de oscilações na rede e falta de energia, ao mesmo tempo em que evitam que a gravação das imagens das câmeras de segurança seja interrompida, proporcionando um monitoramento muito mais eficiente.

E aí, ficou interessado e quer adquirir o seu? Então, aproveite e conheça os nobreaks para CFTV da Giga agora mesmo e garanta um investimento de qualidade!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *