Subscribe Now

Trending News

Afinal, como garantir a segurança de eventos?
Segurança

Afinal, como garantir a segurança de eventos?

A segurança de eventos é uma das principais preocupações tanto para os organizadores dessas atrações  como para os visitantes em potencial. Isso porque um mero deslize no planejamento pode resultar em tumulto ou em outros incidentes mais graves.

Assim, ao pensar na realização de um evento, um conjunto de ações é indispensável para que ele seja minimamente viável. A boa notícia é que é possível combinar equipes experientes de segurança com a utilização de tecnologia de ponta. Pensando nisso, preparamos um conteúdo especial para que você entenda como garantir a proteção em seu próprio espetáculo. Boa leitura!

Importância da segurança em eventos

Atrações que contam com um bom número de pessoas exigem medidas mais rigorosas de segurança. Isso porque, além de cuidar da própria integridade física dos participantes, os responsáveis pela proteção ainda têm uma reputação a zelar.

Por mais experiente que uma empresa possa ser em questão de segurança, apenas um incidente é o suficiente para que ela seja associada, permanentemente, a uma falha de grandes proporções. O inverso também é verdadeiro: uma companhia que se notabilize pelo nível de proteção oferecido aos visitantes e clientes se torna uma referência e tende a garantir a satisfação das pessoas, que acabam tranquilizando os amigos que queiram comparecer a um evento organizado por esses profissionais.

Portanto, a segurança em eventos é tão importante quanto as próprias atrações ali presentes. O papel dos responsáveis deve ser discreto o suficiente para que não cause muitos transtornos e constrangimentos aos visitantes, mas que seja eficiente em tal nível que o espetáculo transcorra sem qualquer tipo de ameaça às pessoas.

Como garantir a segurança em eventos?

Agora, conheceremos algumas das principais ações que devem ser estabelecidas para que a segurança dos seus eventos seja robusta o suficiente.

Investigue o local escolhido

Muitas vezes, a escolha do ambiente não cabe aos responsáveis pela segurança do evento. Porém, mesmo que isso ocorra, é possível visitar o local e garantir que ele cumpra todas as determinações necessárias para que tudo saia como planejado.

O local deve levar em consideração, assim como o número estimado de convidados e o público-alvo das atrações. Todos esses fatores são importantes para que as pessoas sejam devidamente acomodadas no dia do evento, de modo e evitar a superlotação. Isso porque ambientes pequenos e repletos de pessoas representam graves riscos à segurança, principalmente se uma evacuação rápida for necessária.

Além disso, é preciso prestar atenção tanto à infraestrutura do ambiente, como aos arredores da localidade, desaconselhando áreas com histórico de criminalidade elevada. Para realizar todos esses procedimentos, o ideal é contratar uma empresa de segurança patrimonial que já tenha experiência e credibilidade suficientes no mercado para garantir que o evento transcorra sem qualquer tipo de perigo.

Realize a análise e identificação de riscos

Qualquer equipe de segurança deve identificar possíveis riscos, como furto, roubo e vandalismos diversos. Os processos de análise dessas ameaças podem ser otimizados, por meio de testes e averiguações realizadas antes do evento. Assim, os profissionais já se familiarizem com os locais e conseguem fazer ajustes prévios, caso necessário.

Esses procedimentos de análise e identificação são fundamentais, para o desenvolvimento de planos de contingência. Assim, caso algum imprevisto ou situação extrema ocorra, os responsáveis saberão como proceder. Essas ações envolvem desde a checagem do processo de entrada e saída até planos de evacuação, em caso de incêndio ou falta de energia elétrica durante as atrações.

Verifique o credenciamento dos profissionais

É de fundamental importância que todos os integrantes das equipes que trabalharão no evento sejam devidamente identificados e divididos de acordo com o seu setor de atuação. Os crachás adotados devem ser pendurados, de forma a possibilitar a rápida conferência, e devem ser utilizados durante todo o andamento das atividades.

Além disso, a padronização dos uniformes é outra boa medida para facilitar o reconhecimento de todos os participantes. Os visitantes podem ser identificados pelas tradicionais pulseiras especiais de acesso ou por crachás de cores diferentes daqueles utilizados pelo staff.

Tenha planos de contingência e abandono

O plano de contingência deve conter todos os procedimentos a serem adotados, caso algum incidente grave ameace a segurança dos visitantes. Em caso de tumulto ou incêndio, por exemplo, a reação deve ser imediata.

Para isso, é essencial que todos os integrantes do staff, desde recepcionistas até os profissionais de segurança, conheçam bem os procedimentos de emergência. Dessa forma, eles estarão devidamente capacitados para orientar os convidados e para manter a própria integridade física.

Além disso, um plano de abandono também é obrigatório. Pensando nisso, é fundamental delimitar rotas de saída, localização exata de extintores e o posicionamento da equipe de brigadistas.

A legislação determina que um espaço mínimo deve ser estabelecido para a realização da evacuação, além de sinalizações claras referentes à saída. Observar esses aspectos é imprescindível para que embargos e multas não ocorram, mesmo em eventos sem incidentes.

Como a tecnologia pode auxiliar?

Para que você entenda melhor o papel da tecnologia na segurança de eventos, veja, a seguir, algumas das suas principais aplicações.

Ofereça sites para cadastro

A diferença que a tecnologia faz nesse tipo de situação pode ser percebida logo nos detalhes iniciais. Isso porque sites disponibilizados para cadastro vão pedir informações como e-mails e telefones dos visitantes, o que pode contribuir para o controle na entrada dessas pessoas.

Use sistemas fechados de vigilância

Os populares CFTVs (circuitos fechados de televisão) são essenciais em eventos, principalmente quando combinados a câmeras de alto nível. Esse tipo de combinação aumenta a sensação de segurança e garante a satisfação dos visitantes, que notam como a organização investiu para evitar qualquer incidente desagradável.

O uso de câmeras pode parecer invasivo em outras situações, mas não em eventos, principalmente os de grande porte. Com a ocorrência de acontecimentos desagradáveis amplamente noticiados pelos jornais, principalmente em locais fechados sem plano algum de contingência, é natural que esses equipamentos estejam presentes e auxiliem na vigilância geral.

Utilize sensores de movimento

Principalmente para eventos que contam com um número muito elevado de convidados, sensores de movimento podem ser posicionados de forma estratégica. Esses aparelhos, posicionados em locais de passagem de pessoas, são especialmente efetivos para identificar invasores e acionar a central de comando.

Dessa forma, que tal posicionar alguns deles no caminho que leva à sala de vigilância eletrônica? Assim, pessoas não autorizadas serão denunciadas pelo equipamento, o que evitará a ação de indivíduos mal-intencionados que queiram sabotar os aparelhos de vigilância.

Do mesmo modo, fechaduras inteligentes e controles de acesso são opções valiosas para restringir o acesso a áreas restritas. Por meio da biometria, é possível garantir que somente a equipe de segurança patrimonial tenha acesso à própria sala de vigilância ou a setores restritos aos organizadores.

Percebeu como a segurança de eventos exige uma combinação entre profissionais qualificados e equipamentos de alto nível? Dessa forma, todo aquele evento planejado há meses ou anos pode transcorrer de forma tranquila e satisfatória para todos.

Gostou do artigo e tem algo a dizer sobre o assunto? Então, compartilhe conosco a sua própria opinião ou sugestão sobre o tema!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *